Brasil um pibinho vergonhoso

dilmc3a3o

BRASIL, UM DOS PAÍSES QUE MENOS CRESCEU EM 2014. (0,1)
EM 2015 SERÁ PIOR………….A PREVISÃO PARA 2015 É PIB NEGATIVO.
O crescimento médio da economia brasileira no primeiro mandato de Dilma Rousseff, de 2011 a 2014, foi de 2,2% ao ano. Apesar de o resultado ter sido positivo, foi o menor avanço desde o governo de Fernando Collor de Mello, de 1990 a 1992,
No governo de Fernando Henrique Cardoso, o crescimento ficou perto de 2,5%. No primeiro mandato, de 1995 a 1998, a alta média foi de 2,5% e no segundo, de 2,3%.

Aécio Neves critica o “pibinho” do governo Dilma

Confira a íntegra da mensagem de Aécio Neves sobre o PIB: “O resultado do PIB de 2014 coroa um dos mandatos mais medíocres da história econômica brasileira. Foram quatro anos praticamente perdidos em termos de crescimento da economia.

Para um país sedento por melhorias e com enormes desafios ainda a vencer, quatro anos são tempo demais para serem assim desperdiçados. São anos em que as dificuldades da população se agravaram, os atrasos do país se agigantaram e o Estado brasileiro tornou-se ainda menos eficiente para dar conta do seu papel.

Trata-se do retrato do fracasso de um experimento em que o Brasil foi feito de laboratório e os brasileiros, transformados em cobaias. Um modelo econômico que, a despeito das críticas e dos alertas, o PT levou adiante sem atentar para o óbvio: a realidade já havia mudado. Deu errado.

O PIB de 2014 deixa o Brasil numa das piores posições no ranking mundial de crescimento. A presidente Dilma Rousseff não poderá usar, mais uma vez, sua desgastada desculpa. Não, a crise não está lá fora; a crise é o governo que o Brasil tem.

As perspectivas para este e os próximos três anos são ainda piores que o primeiro quadriênio de Dilma – até o Banco Central já admite recessão neste ano. Se as expectativas de analistas se confirmarem, teremos mais quatro anos de estagnação da renda per capita, ou seja, os brasileiros estão empobrecendo.

Ou o governo do PT corrige rapidamente a situação que ele mesmo criou ou teremos mais um ciclo de baixo crescimento, inflação alta, juros altos, desequilíbrio externo e ainda o risco de mais aumento de carga tributária. O pior é que agora o único bastião de notícias positivas, a baixa taxa de desemprego e a formalização, também vai piorar.

Os brasileiros merecem um governo que lhes dê esperança e um presente melhor, porque já estão cansados de esperar por um futuro que nunca chega.

Aécio Neves – Presidente do PSDB”

Aumenta a possibilidade de que o copiloto tenha derrubado o avião

Há príncipio não acreditamos na versao de que o copilota tenha derrubado o avião de forma proposital, mas com as novas informações, esta possibilidade aumenta.

A namorada do copiloto do Airbus A320, o alemão Andreas Lubitz, teria confirmado aos investigadores que ele sofria um quadro de ‘grave depressão’, assinalou nesta sexta-feira o canal francês ‘iTélé’.

A televisão, que não citou as fontes dessa informação, afirmou que a namorada foi interrogada ontem à noite pelos investigadores alemães.

O canal acrescentou que os pais de Lubitz serão interrogados pela polícia francesa, já que se encontram na cidade de Seyne-les-Alpes, perto de onde a aeronave da companhia Germanwings, que fazia o trajeto entre Barcelona e Düsseldorf, caiu com 150 pessoas a bordo.

Os investigadores do caso já apreenderam todos os documentos médicos do copiloto, que estão sendo analisados, depois de a gravação extraída da caixa-preta recuperada indicar que ele teria intencionalmente derrubado o avião.

O copiloto, de 27 anos, tinha um atestado médico para o dia e ocultou sua doença da Germanwings, informou a promotoria federal de Düsseldorf hoje

Use e abuse das bibliotecas digitais públicas

Publicado originalmente em Biblioteca do MPT/RN:

Conheça os principais acervos digitais públicos:
– Senado Federal: http://www2.senado.leg.br/bdsf/
– Câmara dos Deputados: http://bit.ly/camarabd
– Biblioteca Nacional: http://bndigital.bn.br/
– Portal DomínioPúblico: http://www.dominiopublico.gov.br/
– Sebrae: http://bis.sebrae.com.br/bis/
– Universidade de São Paulo: http://www.teses.usp.br/

Ver original