Panelas de alumíno são prejudiciais a nossa saúde

OBS: Tenho recebido mensagens de representantes da índústria de panela de alumínio dizendo que os prejuízos causados à saude pelas panelas de alumínio  são mitos. Logicamente eles defendem os interesses da indústria.

ALUMÍNIO: ÚTIL E MORTAL – Dr. Sérgio Teixeira

Se seu cabelo está caindo, desconfie do alumínio… Este metal, quando está excessivo no organismo, provoca grande oleosidade no couro cabeludo, que vai sufocar a raiz dos cabelos. Usar xampus contra a oleosidade ajuda, mas se você não eliminar a causa, vai perder muito cabelo. Muitas vezes, a queda de cabelos vem acompanhada de dormências ou formigamentos quando se fica na mesma posição (com as pernas cruzadas, por exemplo).Além dos seus cabelos, todo o seu organismo está sendo prejudicado: o alumínio deposita-se no cérebro, causando o mal de Alzheimer (esclerose mental precoce) e expulsa o cálcio dos ossos, produzindo a osteoporose. Esse cálcio vai se depositar em outros lugares, produzindo bursite, tártaro nos dentes, bico de papagaio, cálculos renais… E também vai para dentro das suas artérias, estimulando a pressão alta e possibilidade de isquemias cardíacas (infarto), cerebrais (trombose) e genitais (frigidez e impotência). Para o Dr. Mauro Tarandach, da Sociedade Brasileira de Pediatria, está bem claro o papel do alumínio nas doenças da infância, graças ao avanço da biologia molecular no que tange ao papel dos oligoelementos na fisiologia e na patologia. Os sintomas clínicos da intoxicação por alumínio nas crianças, além da hiperatividade e da indisciplina, são muitos: anemia microcítica hipocrômica refratária ao tratamento com ferro, alterações ósseas e renais, anorexia e até psicoses, o que se agrava com a continuidade da intoxicação. Atualmente se utiliza a biorressonância para avaliar o nível do alumínio e outros metais. O método é muito menos dispendioso, podendo ser utilizado no consultório ou na casa do paciente. E como é que o alumínio entra no organismo? Através das panelas de alumínio, por exemplo, que vêm sendo proibidas em muitos países do mundo

Na Itália, famosa por seus restaurantes, nenhum deles pode usar essas panelas, devido à proibição do governo italiano. É que as panelas de alumínio contaminam a comida intensamente.Para você ter uma idéia: pesquisa da Universidade do Paraná demonstrou que as panelas vendidas no Brasil deixam resíduos de alumínio nos alimentos que vão de 700 a 1.400 vezes acima do permitido. Isso só ao preparar a comida. Se esta ficar guardada na panela por algumas horas, ou de um dia para o outro, este valor pode triplicar ou quintuplicar.Viu por que vale a pena trocar de panelas? Mas não é só. Sabe as latinhas de refrigerantes e cervejas, hoje tão difundidas no Brasil? Pesquisa do Departamento de Química da PUC demonstrou que elas não são fabricadas de acordo com os padrões internacionais. Em conseqüência, seu refrigerante predileto pode conter quase 600 vezes mais de alumínio do que se estivesse na garrafa. E além do alumínio foram demonstrados pelo mesmo estudo mais 12 outros metais altamente perigosos para a saúde nessas latinhas, como o manganês, que causa o mal de Parkinson, o cádmio, que causa psicoses, o chumbo, encontrado no organismo de muitos assassinos, e outros.
Que tal? Prefira as garrafas, tá? Descoberto em 1809, o alumínio é um metal muito leve (só é mais pesado do que o magnésio) e já é muito caro. Naquela época, Napoleão III, imperador da França,pagou 150 mil libras esterlinas (mais ou menos 300 mil reais) por um jogo de talheres de alumínio. Esse metal tem espantosa versatilidade, sendo utilizado em muitas ligas metálicas. Depois do aço, é o metal mais usado no mundo, seja em panelas, embalagens aluminizadas, latas de refrigerantes e cervejas, antiácidos edesodorantes antitranspirantes, assim como vasilhames para cães e gatos comerem e beberem. Nestes animais, com o tempo, pode causar paralisia dos membros posteriores que leva ao sacrifício precoce dos animais, na maioria das vezes, os veterinários, por falta de exames dizem que o animal está muito velho.
Se seu cabelo está caindo, desconfie do alumínio. Este metal, quando está excessivo no organismo, provoca grande oleosidade no couro cabeludo, que vai sufocar a raiz dos cabelos. Usar xampus contra a oleosidade ajuda, mas se você não eliminar a causa, vai perder muito cabelo. Muitas vezes, a queda de cabelos vem acompanhada de dormências ou formigamentos quando se fica na mesma posição (com as pernas cruzadas, por exemplo). Além dos seus cabelos, todo o seu organismo está sendo prejudicado: o alumínio deposita-se no cérebro, causando o mal de Alzheimer (esclerose mental precoce) e expulsa o cálcio dos ossos, produzindo a osteoporose. Esse cálcio vai se depositar em outros lugares, produzindo bursite, tártaro nos dentes, bico de papagaio, cálculos renais… E também vai para dentro das suas artérias, estimulando a pressão alta e a possibilidade de isquemias cardíacas (infarto), cerebral (trombose) e genitais (frigidez e impotência). Para o Dr. Mauro Tarandach, da Sociedade Brasileira de Pediatria, está bem claro o papel do alumínio nas doenças da infância, graças ao avanço da biologia molecular no que tange ao papel dos oligoelementos na fisiologia e na patologia. Os sintomas clínicos da intoxicação por alumínio nas crianças, além da hiperatividade e da indisciplina, são muitos: anemia microcítica hipocrômica refratária ao tratamento com ferro, alterações ósseas e renais, anorexia e até psicoses, o que se agrava com a continuidade da intoxicação. Atualmente se utiliza a biorressonância para avaliar o nível do alumínio e outros metais. O método é muito menos dispendioso, podendo ser utilizado no consultório ou na casa do paciente. E como é que o alumínio entra no organismo? Através das panelas de alumínio, por exemplo, que vêm sendo proibidas em muitos países do mundo. Em suma, o alumínio é muito útil. porém mortal.Repassem, por favor… vamos divulgar!

FONTE:  http://morganalefay.multiply.com/journal/item/130/130

______________________________________________________________________________________________

Escolha a panela certa

Cobre - A grande vantagem do cobre é ser um metal mais resistente à corrosão. Na culinária, conquista pela beleza e transmissão rápida de calor de forma homogênea. “Mas o cobre migra para qualquer alimento que entre em contato, especialmente os mais ácidos.” Pequenas quantidades deste metal podem produzir náuseas, vômitos e diarréia. Já a ingestão contínua de quantidades maiores de cobre pode causar dano renal, alterações osteoarticulares, dores nas juntas e até lesões cerebrais, demonstradas em tomografia computadorizada. Por isso, os utensílios culinários devem ter a superfície interna revestida com politetrafluoretileno (PTFE), titânio ou aço inoxidável.

Alumínio – As panelas de alumínio são as mais comuns e baratas. Mas também são as que causam mais polêmica. Há três décadas, pesquisadores levantaram a suspeita de que a ingestão do alumínio estaria relacionada com a incidência dos males de Alzheimer e de Parkinson. Até hoje, o material continua em estudo. Entretanto, há mais de 50 anos foi verificada a migração do alumínio dos utensílios culinários para alimentos ácidos ou alcalinos. E ficou comprovado que átomos de alumínio podem desencadear diferentes processos metabólicos associado à doenças do sistema esquelético, neurológico e hematológico (do sangue). Pesquisas mostram que a migração do alumínio é maior em panelas de pressão do que em panelas normais ou em fôrmas de bolo. Na limpeza é indicado o uso de bucha macia ao invés de esponja de aço. “Quando o material é polido, há remoção da camada de óxido de alumínio, que dificultava a passagem de alumínio para a comida”, explica Álvaro Ney Bonadia.

Inox - É a mais usada na cozinha profissional. “Por ter fundo triplo, atinge altas temperaturas mais rapidamente, além de ser uma panela resistente e de aparência bonita”, explica Roberta Sudbrak, chefe de cozinha do Palácio do Planalto. O aço inoxidável, conhecido popularmente como inox, é composto por ferro, cromo e níquel. Demora a esquentar, mas também a esfriar. No Brasil não há dados que comprovem a transferência dos componentes do inox para a comida. O aconselhável é não escovar a panela com esponja de aço. No polimento forma-se uma camada protetora de óxido que ajuda a impedir que os metais passem para os alimentos. “O níquel em pequenas quantidades pode até ser útil ao organismo, mas o excesso tende a afetar o sistema nervoso”, diz a profissional.

Ferro – É ideal para grelhados de filé e peito de frango e também para a saúde. Os panelões de ferro, de cor escura e muito pesados, são bastante tradicionais em Minas Gerais. O uso regular destes panelões foi relacionado com a prevenção e ao tratamento da anemia. “Muito antes que a ciência pudesse comprovar a eficácia deste procedimento.” O uso da panela é também indicado para vegetarianos, mulheres em idade fértil e crianças.

Vidro – As panelas de vidro são as únicas que não transferem qualquer resíduo para a comida. O material é obtido por um processo de congelamento de líquidos superaquecidos. O maior atrativo do vidro é a beleza, além da transparência, que permite ver o processo de elaboração dos alimentos. A facilidade da limpeza é outro ponto positivo. Mas o preço e fragilidade do material pesam na escolha.

Cerâmicas – As panelas de cerâmica, principalmente as de barro com superfície marrom brilhante, devem ter selo de qualidade que garanta que não são usados compostos à base de chumbo. É comum encontrar em países pouco desenvolvidos produtos cerâmicos elaborados com óxido de chumbo na vitrificação. O chumbo é facilmente dissolvido no alimento, especialmente os ácidos. Saladas, frutas ácidas ou fermentados em contato com esse material podem ficar contaminados com componentes pesados como chumbo, mercúrio e cádmio. A intoxicação por cádmio traz problemas respiratórios, bronquite e hipertensão. O organismo incorpora o chumbo, que é altamente tóxico, especialmente em crianças. “O chumbo se deposita no osso em grandes quantidades como se fosse cálcio, o que produz um envenenamento generalizado.” Os danos são: diminuição da capacidade mental e a perca de atenção na escola por parte das crianças. Nos adultos o chumbo provoca anemia. Os sintomas aparecem em crianças, após um ano de uso da panela; em adultos, quatro anos. O ideal são panelas de barro ou de cerâmicas ofuscadas.

Teflon – O composto antiaderente atrai cozinheiros pela praticidade na limpeza e por ser dispensável o uso de gordura. A descoberta de um revestimento antiaderente em 1938 chegou às cozinhas americanas na década de 60 e provocou uma revolução de conceito de panela prática. Atualmente, as panelas mais modernas são denominadas de teflon II por serem revestidas com primer (substância usada para ligar o teflon ao alumínio). O novo revestimento impede que o material passe para o alimento quando o teflon descasca. A maior preocupação com a panela é ecológica. Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, descobriram que o teflon se corrompe quando esquentado a temperaturas de 200 a 500 graus centígrados. O que pode acontecer com uma panela esquecida no fogo. A evaporação do teflon origina gases CFC, responsáveis pela destruição da camada de ozônio.

Esmaltada – As panelas esmaltadas atraem pela beleza, mas podem fazer tão mal quanto às de cerâmica vitrificada. `O esmalte usado pode conter elementos tóxicos como o chumbo e os decalques na superfície interna, os quais podem conter cádmio. É desaconselhável o uso de utensílios antigos (fabricados antes de 1980) tanto esmaltados quanto os de cerâmica. A pesquisadora também diz que é preciso ter cuidado com utensílios pintados à mão, que vão desde colheres, facas, recipientes culinários, entre outros. Algumas tintas são à base de chumbo, que pode ser transferido para o alimento. É desaconselhável o uso de utensílios antigos, de antes de 1980 – tanto esmaltados quanto de cerâmica.

Pedra-Sabão – A natureza anti-aderente e a capacidade de reter calor por muito tempo são as características mais atrativas, esse utensílio libera quantidades expressivas de elementos nutricionalmente importantes como cálcio, magnésio, ferro e manganês. A panela é comprada “crua”, por isso a cor dela é clara. É um utensílio que libera quantidades expressivas de elementos nutricionalmente importantes, como cálcio, magnésio, ferro e manganês.

FONTE:

http://www.vitrineoeste.com.br/texto.php?id=21

57 comentários sobre “Panelas de alumíno são prejudiciais a nossa saúde

  1. Oi! Parabéns pela matéria! Agora gostaria se possível vc apontasse a fonte dessas informações, lembrando que não estou duvidando de nada do que foi dito, é que fico meio desconfiado com conteúdos da internet, visto que é livre e qual quer um pode escrever o que quiser. Agora o mais importante é a população unir-se… Criar fórum de debates e alertas para aumentar a informação de todos nós brasileiros!

    Curtir

  2. Dr sergio recorente ou seu comentario ,gostaria de saber qual seria a panela ideal para o nosso dia dia . para cozinhar feijão , arroz , carnes,legumes e frituras , de acordo com suas informações acho que a panela de vidro e a mais qualificada para este tipo de cozinha , se eu estiver errada por favor me corrija

    atenciosamente

    Curtir

  3. Gostaria de saber qual a panela ideal para ser usada no dia – a – dia, e se o PAPEL ALUMÍNIO que tanto usamos para assar carnes é também prejudicial.Devemos abolí-lo?

    Obrigada.
    Beth.

    Curtir

  4. ESTÁ DIFÍCIL BEBER, COMER E COZINHAR EM!!
    TENHO 34,20 DE ALUMUNIO NO SANGUE (7 X A MAIS+OU-).ACREDITO SER PELAS PANELAS E ÁGUA, POIS MINHA PROFISSÃO NÃO TEM NADA A VER. COM ESSA CONTAMINAÇÃO…
    O QUE FAZER PARA DIMINUIR?????????????

    MEU MÉDICO DISSE P/ REPETIR O EXAME DAQUI A 60 DIAS E EM QUANTO ISSO NADA!!!

    Curtir

  5. Doutor, neste caso, acho que de 90 a 100% da população mundial está totalmente comprometida, pois não conheço caso de pessoas que comem alimentos que não sejam cozidos em panelas, doravante, vou começar a destruir todas as panelas lá de casa, entretanto, ou seja, antes de qualquer ação, me passe por favor qual a fonte dessa sua informação e qual a penala ideal para continuar os cozimentos do dia-a-dia.
    Um grande abraqço

    Curtir

  6. Não entendo nada de panelas, mas posso garantir que na parte onde ele menciona latas de alumínio contaminando o organismo,demonstra total desconhecimento sobre o assunto. trabalho em uma das maiores empresas do ramo de faricação de latas de aluminio e posso garantir que é impossivel o contato do produto com a embalagem. Elas são revestidas de um verniz e o controle que fazemos e muito bom acho que está falando besteria num todo>

    Sds Murilo

    Curtir

  7. Gostei muito da materia exposta, eu que ja tinha um projeto feito em aluminio, e melhor mudar para outro material. mas os untensilios de aghata,pensava que fosse menos prejudicias, e realmente o melhor e recolher as velhas panelas de ferro da vovo. vivo na Italia a mais de 20 anos e realmente os proprietarios de restaurantes tiveram um prazo para abolir as panelas de aluminio, mas a famosa bialletti continua vendendo as cafeteiras moka em aluminio, qual a relacao da agua fervente, o cafe e o aluminio, porque essas cafeteiras continuam em comercio? politica ou poder? feito a lei feito o engano… mas estou plenamente de acordo, com a sua declaracao.. parabens

    Curtir

  8. estou muito preocupada, pois não temos condições de trocar de panelas, principalmente para as de vidro e agora Dr. ficamos com estas preoculpações na mente esses males do aluminio no alimento é realmente desta forma o queo senhor acha que devemos fazer, por favor me responda pois meu esposo tem tendencia ao mal de alzaimer pois o pai dele teve, me ajude se puder e me indique uma panela mais barata, desde já agradeço

    Curtir

  9. Olá Dr. Jorge. Parabéns pela matéria. Pelo visto, o tempo passa,a vida passa tudo vai e tudo volta, ou seja, de acordo com suas teses ou com as reportagens transcritas acima, o “progresso” que houve com as panelas pode agora culminar com o RETORNO DAS VELHAS E SEMPRE ÓTIMAS PANELAS DE PEDRA E DE BARRO que pelo jeito não só são úteis mas também seriam as ideais.
    Depois de tantos milênios rsrsrsrs , quem diria! QUE GRANDE DESCOBERTA essa hein Dr. ?

    Curtir

  10. gostei muito ,gostaria de saber,se ha panelas de pedra e panelas de vidro ,fora do brasil, pois nasci e vivo em portugal e nao conheço nem sei como adquirir,informem-me por favor

    Curtir

  11. Olá, o trabalho é muito interessante, fala de uma verdade, as panelas de alumínio podem ser prejudiciais a saúde, mas há um grande equívoco quanto a ação do alumínio no cérebro, na verdade ele tem ação indireta, pois vai “desorganizar” alguns minerais necessários a agregação do Ferro a hemoglobina, uma vez que não há esses minerais, não haverá a formação da hemoglobina e consequentemente não haverá o transporte de O2 para o cérebro, eis o problema, portanto não é o alumínio que vai até o cérebro, ele age indiretamente pois não deixa o Ferro se juntar a hemoglobina.

    Luam Henrique
    Bacharelado em Agroindústria – UFPB

    Curtir

  12. Grato por seus esclarecimentos que enriquece a matéria. Apesar disso, continuamos afirmando que o aluminio é prejudicial. Não importa se a ação é direta ou indireta. QUem não gosta da matéria é a indústria de panelas de alumínio.

    Curtir

  13. Eu faco teste nessas panelas tanto a de ferro coMo a de teflon, elas sao porosas entao todo o alimento que feito nessas panelas ficam armazenadas no fundo da Panela…
    Por exemplo assim que elas sao aquecidas eles abrem os poros ou seja aquela comida que esta sendo feita entra pra dentro da Panela quando a Panela esfria ela fexa os poros e armazena aquele resto de comida vc pode lipar que ela nao vai sair os residuos só vai poder velo ou sentir o gosto quando esquentar a Panela de novo pq dai os poros se abriram novamente..

    Davidson Boston Usa…

    Curtir

  14. olá, gostaria de saber da panela de aço porcelanato?! me falaram que ela tbm não solta residuos na comida, e que não risca, fazendo assim o papel muito bom dos teflon, gostaria de saber se é verdade, se vale mesmo a pena investir?

    Curtir

  15. gostei de saber e ter essas informaçoes.vou procurar não deixar os alimentos ficarem tanto tempo dentro das panelas de aluminio. obrigado pelas informaçoes.

    Curtir

  16. temos que nos alertar também que os desodorantes anti-transpirane que usamos tambem possuem grande quantidade de aluminio e que esse por sua vvez é um dos maiores causadores do cancer e mama, entao vamos nos cuidar e usar desodorantes que nao possuem aluminio!

    Curtir

  17. Em Govoverndor Valadares,MG,há uma pequena empresa de um suiço que produz panelas a base de estrume de vaca.Há quem diga que que esta foi a melhor invenção depois da roda.
    Os componentes orgânicos da matéria-prima permite um elaborado de alta performance e que sempre deixa aquele cheirinho da roça!dos tempos da infância na casa da vovó.

    Curtir

  18. Com respeito a não “defender a tal liga”, refiro-me a seu uso com alimentos e a existência de fábricas em áreas residenciais.

    Curtir

  19. Infelizmente as fábricas de alumínio defendem seu único produto, como o faz a indústria do cigarro. Neste link: http://www.abal.org.br/mitosXverdades/mitos_verdades.asp?id=7 , a Abal, distorce o artigo acima. Pensemos que, se realmente esse metal pode prejudicar tanto nossa saúde, e até de maneira irreversível, os que defendem a tal liga representam enorme risco à sociedade!

    Com respeito a não “defender a tal liga”, refiro-me a seu uso com alimentos e a instalação ou permanência de fábricas em áreas residenciais.

    E, façamos algo além de comentar. Grato.

    Curtir

  20. Olá, Comprei umas panelas da marca ClassLuxo, feita de aço porcelanato. Gostaria de saber sobre o componente utilizado na confecção das panelas é bom ou ruim? Obrigada

    Curtir

  21. Os políticos precisam ser pressionados a constatar a veracidade da informação e tomar as devidas providências, tais como alertar a população dos danos a saúde, colocar no mercado outra matéria para cozimento a preço popular, proibir o uso em restaurantes e fiscalizar se as fábricas que utilizam a matéria para qualquer tipo de confecção, não estão contaminando o solo com resíduos. Na alemanha, por exemplo, é proibido o uso de alumínio para cozimento de alimentos. Eu não uso o aluminio a muitos anos, mas infelizmente ainda almoço em restaurantes que fazem uso do mesmo. Quem puder tome logo a atitude de dispensar esse material tão nocivo.

    Curtir

  22. Bom dia, muito obrigado pela sua matéria, e sua atenção com os danos causados por matérias que compramos sem saber a procedência, esses matérias deveria ter uma orientação sobre os danos que ele podem nos causar visto que usamos panelas todos os dias eu mesma vim de uma família onde se usa somente esse tipo de panela e hj com 34 anos estou tratando um câncer de intestino çom metástase devido ao uso errado de varias coisas como microondas e alimentos como salsicha batata frita entre outros vamos acordar pessoal ,os políticos não estão preocupados nem com situações emergenciais, que nosso pais esta precisando vcs a chão que eles querem saber qual o tipo de panela que usamos aposto que a deles são as melhores e é isso que tem importado a eles o pais esta entregue a própria sorte e as medicações anunciadas pelo governo como sendo gratuitos é mentira temos primeiro que acioná-los judicialmente espero que vcs não passem por esses problema o governo tem muito falado e pouco feito e nos ludibriam com propagandas enganosas com artistas que nunca passarão pelo sistema sus e não sabem oq falam

    Curtir

  23. Já há bastante tempo que eliminamos todas as panelas de alumínio lá em casa. Foram substituídas por aço inox que são usadas para ferver água, pedra sabão para uso geral na cozinha, ferro para frituras e uma de barro para ensopados de peixe. O papel alumínio não deve tocar o alimento assim como o filme de PVC que é tóxico e passa compostos tóxicos se tiver contato físico com alimentos gordurosos.

    Curtir

  24. Também comprei as panelas Classluxo, não gostei, mesmo em fogo baixo a comida queima, dá uma sensação que o sabor dos alimentos não são os mesmos. Não vejo a hora de poder trocar minhas panelas por inox ou de pedra que já tenho uma.Muito obrigada pelas informações!

    Curtir

  25. olá gostaria de sabert de assar peixe ou outros alimentos, em papel de alumínio, também representa algum risco para a saúde.

    Curtir

  26. Papel alumínio é alumínio idêntico ao da panela e não deve entrar em contato direto com alimentos, principalmente com produtos ácidos como molhos de tomate que chegam a dissolvê-lo.

    Curtir

  27. Trocamos as panelas de alumínio aqui em casa por panelas de Inox ,em uma semana notei que meu cabelo está ficando mais liso e macio ,meu cabelo era uma palha,mais seco que o sertão do nordeste…

    Curtir

  28. A sua preocupação com o alumínio é válida, amigo Jorge Roriz, mas esse metal abunda na natureza, no ar que respiramos na água que consumimos e no alimento que ingerimos. Bem provável que faça mal para mim, que lido com alumínio dez horas por dia, já que trabalho com reparo de panelas de uso doméstico e comercial há 30 anos. No entanto, acho exagero que uma pessoa deixe de utilizar panelas de alumínio para fazer o seu alimento. Recomendo às minhas clientes que acondicionem os alimentos após o cozimento em recipientes plásticos, e jamais utilizem o limpa-alumínio para a lavagem das panelas. A intenção do seu artigo é boa, mas um tanto exagerada. Um abraço.

    Curtir

  29. Prezado Álvaro:
    O artigo não é de minha autoria e na postagem tem o nome e o site como fonte. NÃO EXISTE NENHUM EXAGERO. QUEM AFIRMA QUE O ARTIGO FOI ESCRITO DE FORMA EXAGERADA É A INDÚSTRIA DE PANELAS DE ALUMÍNIO PARA NÃO PREJUDICAR AS VENDAS.
    EXISTEM PESSOAS QUE PASSAM 30 ANOS FUMANDO, AFIRMANDI QUE O CIGARRO NÃO PREJUDICA. UM DIA, MORRE DE CÂNCER E NÃO SABE O MOTIVO…………OUTRAS USAM APENAS UM ANO OU MENOS TEMPO E ADQUIREM A DOENÇAS
    ALGUMAS PESSOAS SÃO MAIS RESISTENTES QUE OUTRAS………. POR ESTE MOTIVO, PASSAM MAIS TEMPO EXPOSTAS AO PERIGO DO QUE OUTRAS. NÃO EXISTE RECEITA DE BOLO PARA O ORGANISMO HUMANO. CADA SER HUMANO É UNICO. (DEPENDE DA GENÉTICA, ALIMENTAÇÃO, QUALIDADE DE VIDA, AMBIENTE, SORTE, ENTRE OUTROS MOTIVOS.

    Curtir

  30. Existe alguma diferença entre panela de cerâmica e panela de alumínio ou inox REVESTIDA de cerâmica? Vi algumas no site da wallmart,que informam que o produto não libera metais,que é atóxico, entretanto, fica a dúvida quanto a panela ser SOMENTE REVESTIDA de cerâmica?

    Outra dúvida: panela de vidro. Onde encontrar? Não pode estourar durante o cozimento dos alimentos (feijão, arroz)? Neste vídeo, Dr. Lair Ribeiro diz que a melhor é a de cerâmica: https://www.youtube.com/watch?v=4iTRy4egOno

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s